Tradutor...Translator

16 de setembro de 2013

A Voz de Igarapé Miri pode sair do ar!!!

Desde a primeira postagem no dia 3 de janeiro de 2011 a Voz de Igarapé Miri vem crescendo no conceito de vários segmentos da população, e por isso se tornou o Blog campeão de acessos no baixo Tocantins.
São 231 postagens.
17.630 acessos
A Voz de Igarapé Miri: 17.221
Segundo lugar:               9.885
Terceiro lugar:               1.309

Além disso o Facebook da Voz de Igarapé Miri tem: 5.000 amigos.
E mais 806 solicitações de amizade...
Quase 1.000 SEGUIDORES.

Atuações de mais destaque!
Consultas de reporter da Rede Globo de televisão sobre artigos postados aqui.
Atuação junto ao secretário de Segurança Pública do estado do Pará.

Por vários motivos não vou mais publicar neste Blog, e por isso:
1. Resolvo passar o Domínio para um grupo ou pessoa.
2. Vou receber as propostas somente no e-mail: (Favor não insistir em usar outro tipo de contato)
E-mail: avozdeigarapemiri@gmail.com

Dentro de 30 dias vou anunciar a minha decisão....

5 de setembro de 2013

A Voz de Igarapé Miri é Blog campeão de acessos no Baixo Tocantins .

A Voz de Igarapé Miri: 17.221
Segundo lugar:               9.885
Terceiro lugar:               1.309

Além disso o Facebook da Voz de Igarapé Miri tem: 5.000 amigos.
E mais 806 solicitações de amizade...
Quase 1.000 SEGUIDORES.

Atuações de mais destaque!
Consultas de reporter da Rede Globo de televisão sobre artigos postados aqui.
Atuação junto ao secretário de Segurança Pública do estado do Pará.


Anuncie aqui e tenha o seu produto visto por milhares de pessoas!!!


A Polícia Civil prendeu, ontem, em Igarapé-Miri, nordeste paraense, Marianldo Costa Ribeiro, 41 anos, de apelido “Adinho”, com quem foram apreendidas duas pedras de “óxi” de cocaína e um revolver calibre 32 com quatro cartuchos intactos. Segundo o delegado Márcio Cavalcante, titular da Delegacia, “Adinho” já era investigado devido a inúmeras denúncias de que ele comprava entorpecentes, em Belém, e os revendia na Vila Maiautá, zona rural de Igarapé-Miri. Sob a determinação do delegado, os investigadores Evandro Moreno e Sérgio Teixeira, e escrivão Allison Ericko, passaram a acompanhar a movimentação do suspeito, às margens da rodovia que dá acesso à Vila de Maiuatá, até abordá-lo enquanto trafegava numa motocicleta.Ao perceber a presença dos policiais, o acusado ainda tentou se livrar da droga e da arma, mas não obteve êxito. Ele foi preso em flagrante por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. O delegado Márcio Cavalcante ressaltou que a Polícia Civil tem combatido o tráfico de drogas na região do Baixo-Tocantins, atendendo as diretrizes da Diretoria de Polícia do Interior e da Superintendência Regional do Baixo-Tocantins.
Fonte: Blog do delegado Marcio Cava,cante

Mototaxistas querem providências do mp de Igarapé Miri contra o prefeito

Um grupo de mototaxistas procurou na manhã de hoje o Ministério Público em Igarapé-Miri, na pessoa do Promotor Dr. Cláudio Lopes Bueno.
Pediram providências em relação aos atos do Prefeito Municipal que teria liberado uma Associação de Mototaxistas para trabalhar na cidade, todos devidamente uniformizados com símbolos da prefeitura e nome do prefeito.
Ocorre que essa nova associação não estaria legalizada nem perante o poder público e nem nos órgãos de trânsito.
No entanto, em recente Operação do Detran em Igarapé-Miri a tal Associação do Prefeito não foi fiscalizada, enquanto os demais mototaxistas tiveram suas motos apreendidas e os condutores foram multados.
Muitas motos de populares foram apreendidas na Delegacia de Polícia em face de ausência de documento de propriedade do veículo, atraso de licenciamento, condutor sem habilitação e outras irregularidades.
A queixa da Associação que está legalizada é que o Prefeito privilegiou um grupo de trabalhadores sem qualquer amparo legal, sendo que estes sequer teriam sido fiscalizados na tal blitz.
A tal associação de mototaxistas “fardada” com emblemas da Prefeitura não teria sofrido sanções do Detran, PM e Polícia Civil. E os demais pegaram peia geral.
Vamos aguardar que providências o Promotor Público vai adotar para averiguar a queixa.
Pelo jeito, no Miri não está valendo o dito o popular: “Pau que dá no Zé, dá no José“.
Fonte: Gazeta Miriense

Incam prorroga inscrição para o Prêmio Escritor Miriense e abre inscrição para o 1º Fórum de Educação, Cultura e Desenvolvimento da Amazônia Tocantina

O Instituto Cabocl da Amazônia (Incam) prorrogou a inscrição para o Prêmio Escritor Miriense (PEM), que em sua primeira edição homenageia a professora Eurídice Soares Marques de Sousa. Os interessados podem se inscrever até o dia 20 de setembro, na Secretaria da Paróquia de Sant’Ana. Os Documentos relativos ao Prêmio (Edital, Regulamento, Ficha de Inscrição e Modelo de Declaração) estão disponíveis na Papelaria Ponto do Caderno, Livraria Fé em Deus, STTR de Igarapé-Miri e no local de inscrição. Com a realização do Concurso, o Incam objetiva contribuir com a formação de sujeitos letrados, conscientes e mais humanos e, como tais, mais atuantes na vida sociocultural de suas comunidades.
Ao mesmo tempo, o Instituto disponibiliza, no período de 02 de setembro a 18 de outubro, as inscrições para o 1º Fórum de Educação, Cultura e Desenvolvimento da Amazônia Tocantina, que podem ser feitas no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Igarapé-Miri e/ou via e-mail (zm-pena@bol.com.br; incam.coordanacao@hotmail.com). O Evento será realizado nos dias 07, 08 e 09 de novembro de 2013, na cidade de Igarapé-Miri, com a participação de vários municípios do Território do Baixo Tocantins. O projeto conta, ainda, com a parceria e participação de Grupos de Pesquisas e Setores Acadêmicos da UFPA, UEPA e IFPA, das ONGs UCODEP e APACC, do Fórum de Economia Solidária do Baixo Tocantins (FTES) e das Prefeituras Municipais de Baião e Mocajuba.
Para o presidente do Incam, professor Isaac Fonseca Araújo, essas duas agendas são consideradas estratégias para o Instituto, tanto do ponto de vista da natureza quanto da operacionalidade, porquanto podem fomentar a produção e democratização de conhecimentos articuladas ao fortalecimento institucional no Baixo Tocantins, tendo em vista o seu desenvolvimento.
SERVIÇOS: 
Em preparação ao Prêmio Escritor Miriense, o Incam disponibiliza (gratuitamente): OFICINAS SOBRE GÊNEROS TEXTUAIS.
  • Oficina 1: Artigo e Memória/História
Dia 04 de setembro/2013, das 08 às 12h (Alto da Arapari)
Mestrando Isaac Fonseca Araújo
  • Oficina 2: Carta e Poema
Dia 05 de setembro/2013, das 08 às 12h (Alto da Arapari)
Mestrando Israel Fonseca Araújo 
Fonte: Gazeta Miriense

Professores já anunciam primeira greve no governo Pé de Boto

O Prefeito Pé de Boto parece que vai ter seu primeiro teste no embate de negociações com os servidores públicos de Igarapé-Miri.
Os professores, organizados em seu sindicato, que é conhecido como o mais aguerrido e atuante no Estado do Pará, anunciaram Estado de Greve.
O que levou os professores a este estágio certamente foi a ausência de qualquer tipo de negociação.
O Prefeito simplesmente sentou na cadeira imaginando não ser necessário ouvir reivindicações ou propostas, em especial dos servidores públicos, que na realidade são os que fazem andar a máquina administrativa.
Não se faz nada no Município, no Estado ou na União sem que os funcionários públicos estejam em atuação e devidamente motivados para servir ao público.
Os professores representam o maior efetivo por categoria do serviço público de Igarapé-Miri e tem força significativa, merecendo a devida atenção.
Mas ao que parece isso não vem ocorrendo no atual governo.
As reclamações são as mais diversas e vão muito além da sala de aula.
Vejam o que foi divulgado no informativo do Sintepp Subsede de Igarapé-Miri e postado no facebook:
INFORMATIVO
Os(as) Trabalhadores(as) em Educação de Igarapé-Miri, reunidos em Assembleia Geral, ontem, aprovaram ESTADO DE GREVE, tal atitude, deu-se em virtude, das situações que expomos a seguir:
1. Reajuste Salarial de 15% – No ano de 2013, não tivemos Reajuste Salarial, apenas o realinhamento do Piso (8%), acreditamos ser possível ir além disso, lembremos que tínhamos uma previsão de R$ 42.308.498,10, depois atualizada para R$ 42.619.337,28, mais R$ 1.297.903,88 (Complementação do Piso Salarial 2012). O Governo em um primeiro momento comprometeu-se a repassar resumos de folhas de pagamentos, porém NÃO CUMPRIU e NÃO REAJUSTOU;
2. Criação do Plano de Carreira dos Servidores de Apoio da Educação – Encaminhamos, em maio, a proposta discutida pela Categoria, para a SEMED, Gabinete do Prefeito e Câmara Municipal, NÃO DISCUTIU;
3. Garantia de Jornada de 40 horas aos Professores, sabemos que neste ano houveram “cortes”, muitos sem devolução, NÃO RESOLVEU;
4. Repasses mensais ao INSS – já detectamos ausência de repasses das contribuições, NÃO REPASSOU;
5. Alimentação Escolar – Atualmente nossas escolas não estão recebendo a merenda escolar em quantidade e qualidade necessária de atender as necessidades de nossos alunos, NÃO GARANTIU;
6. Transporte Escolar – O transporte escolar, tem custado muito aos cofres do município e por incrível que pareça, deixando muito a desejar, NÂO ESTÁ ATENDENDO;
7. Gestão Democrática – Em reunião da Mesa de Negociação, foi firmado compromisso, de eleger ao menos duas direções de escolas, para serem empossados em agosto, NÃO ACONTECEU;
8. Parecer da Assessoria Jurídica – em reunião na SEMED, esta, comprometeu-se a repassar ao Sindicato, um parecer sobre o corte na Jornada, até o dia 23 de abril, porém NÃO CUMPRIU;
Diante disso, esta foi à resposta da CATEGORIA – ESTADO DE GREVE.
ASSEMBLEIA GERAL NO DIA 16 DE SETEMBRO, 8 HS! PARTICIPE

A Greve dos professores de Barcarena perdurou mais de 3 meses. No Moju o movimento de paralisação também se inicia.
Para tentar virar o jogo a Secretaria de Educação anunciou que irá convocar os 150 concursados da área, reduzindo assim o grande número de temporários que aportaram na folha de pagamento nos primeiros meses de 2013 e já são alvo do análise do Conselho do Fundeb na prestação de contas do governo de Mãos Dadas com o Povo.
A Gazeta fez contato com o Júnior, que é Presidente do Sintepp Miriense e aguarda mais detalhes sobre os próximos passos que o professores irão adotar, pois o Estado de Greve se inicia nesta segunda-feira, justamente com a Semana da Pátria.
Estado de Greve é o nome dado para a fase anterior à paralisação efetiva. Visa convocar a categoria para deliberar sobre data da paralisação e táticas a serem usadas na Greve. De outro lado, já previne o governo municipal de que se as negociações não avançarem, a categoria irá utilizar a última ferramenta que lhes resta, amparada na Constituição Federal.
A semana promete, pois os Professores Miriense também querem dar seu grito de independência !
Gazeta Miriense

Josias Belo denuncia pé de boto e relata ameaças a Pina e Francisco

                                 
O vereador de Igarapé-Miri Josias Belo (PSC) prestou queixa na delegacia do município por agressão e intimidação sofrida quando visitava obras de saúde e educação na vila Maiauatá. Ele acusa o prefeito Ailson Santa Maria do Amaral (DEM), o “Pé de Boto”, de ter feito as ameaças quando o parlamentar fiscalizava o andamento das obras.
A intimidação teria começado por volta das 12h de ontem, quando o gestor municipal teria agredido verbalmente o vereador. “Ele se aproximou com cerca de dez homens aparentemente armados e me chamou de vagabundo, irresponsável, vereadorzinho que não faz nada”, conta o parlamentar. Depois disso, o prefeito o teria agredido com “um tapa forte na costa”. “Ele disse que quem mandava lá era ele, que a vila era dele e ele era o prefeito”.
Ao deixar o local juntamente com mais dois assessores, em duas motos, o vereador contou ter sido fechado, próximo à fábrica de reciclagem do município por dois veículos, uma L200 preta e um Fiat Palio de cor branca. Um homem de prenome Hamilton, que supostamente é irmão do prefeito, teria descido do carro apontando uma pistola.
“Ele pegou os celulares e checou se não tinha nenhuma imagem da agressão do irmão dele e depois liberou a gente”, conta o vereador. Um outro assessor do parlamentar, que seguia atrás, viu a ação e fugiu, sendo seguido pelo Fiat Palio. A intimidação e as ameaças duraram por volta de 15 minutos, segundo as vítimas.
Hamilton teria dito ao parlamentar e aos assessores Jone Monteiro e José Roberto Silva que, “se o ‘Pé’ sair da prefeitura, não vai ficar Francisco, não vai ficar Pina, não vai ficar nenhum de vocês”, referindo-se ao ex-vice prefeito e ex-prefeito de Igarapé-Miri. “Foi uma ameaça às claras, quando eu estava no exercício da minha função”, reitera Josias Belo.
O vereador pede proteção do Estado. A deputada estadual Nilma Lima (PMDB) acompanhou o vereador e seus assessores ao prédio da RBA, para que as denúncias viessem a público. Ela pretende pedir uma reunião com o secretário de Estado de Segurança Pública, Luiz Fernandes, para que providências sejam tomadas.
O boletim de ocorrência foi registrado às 16h de ontem, na delegacia de Igarapé-Miri. O DIÁRIO não conseguiu contato com a prefeitura de Igarapé-Miri para comentar o caso.
(Diário do Pará)
O vereador JOSIAS BELO acrescentou que as ameaças se estenderam também ao ex-prefeito Pina e a ao vice Francisco Pantoja.
O recado teria sido enviado aos dois ex-gestores por conta de cinco ações eleitorais que tramitam no Tribunal Regional Eleitoral e na Zona Eleitoral de Igarapé-Miri contra Pé de Boto e podem culminar com a cassação do mandato do Prefeito.
O vereador promete levar o caso a conhecimento do Secretário de Segurança do Estado.
O Deputado Federal Zequinha Marinho (PSC) e outros parlamentes, além da deputada Nilma Lima tem prestado apoio a JOSIAS, repudiando a agressão que afronta o próprio Poder Legislativo, já que o vereador tem o dever de atuar com independência na fiscalização do Prefeito e do dinheiro público.
Os desdobramentos desse fato podem até mesmo sair da esfera penal e estimular processo de cassação do prefeito Pé de Boto na Câmara Municipal, já que o Decreto-Lei 201/67 prevê:
Art. 4º São infrações político-administrativas dos Prefeitos Municipais sujeitas ao julgamento pela Câmara dos Vereadores e sancionadas com a cassação do mandato:
… X – proceder de modo incompatível com a dignidade e o decoro do cargo.
Se o vereador denunciar o Prefeito na Câmara de Igarapé-Miri, o Presidente Fuxico terá que dar andamento ao processo. Aí as consequências podem ser imprevisíveis, já que se divulga o descontentamento de vários vereadores com a atual gestão.
Pelo jeito, para construir uma cidade de Paz, ainda teremos um longo caminho.
Fonte: Gazeta Miriense